114.FORMAÇÃO ESPECIFICA INICIAL: A) Portas e envidraçados resistentes ao fogo e ao fumo, e seus acessórios (para técnicos responsáveis SCIE)

Forconsulting

Partilhar

Descrição


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Este curso tem como objetivo geral Dotar os profissionais de conhecimentos e formação adequada com vista ao reconhecimento como Técnico Responsável pela comercialização, instalação e manutenção de equipamentos de SCIE, de acordo com o Despacho n.º 11832/2021, que lhes permita o respectivo registo na ANEPC, de acordo com a Portaria nº773/2009 alterada e republicada pela Portaria n.º 208/2020, de 1 de Setembro.


Exigências regulamentares, nomeadamente o Regulamento Técnico de SCIE, notas técnicas da ANEPC, normas, bem como outras especificações técnicas e legislação aplicáveis.
Noções físicas elementares de transmissão de energia calorífica: Unidades de temperatura — graus centígrados, Kelvin e Fahrenheit
Conceito de fluxo de energia calorífica.
Processos de transmissão de energia calorífica — condução, radiação,convexão.
Transmissão de energia calorífica por condução, Lei de Fourier — conceito de condutividade térmica e unidades.
Transmissão de energia calorífica por radiação, Lei de Stefan-
-Boltzmann — conceito de emissividade e constante de Stefan-
-Boltzmann e unidades.
Transmissão de energia calorífica por convecção, taxa de transmissão convectiva.
Efeito de isolamento térmico, conceito de resistência térmica.
Curva de incêndio padrão, curvas de incêndio nominais e curva de incêndio natural e parametrizada.
Euroclasses de resistência ao fogo e nomenclatura.
Definições.
Tipos de Portas.
Principais acessórios.
Requisitos específicos por UT, locais de risco e categorias de risco.
Instalação e manutenção de Equipamentos.
Apresentação de casos práticos.
Avaliação de conhecimentos.

Sessões Síncronas por Videoconferência por Zoom das 20h às 23h
Prática Presencial a um sábado das 9h às 13h (no Porto ou Lisboa)



6 – Formação em B-learning (turma)


A avaliação do curso é aferida pela realização de um teste teórico (80%) e da realização de casos práticos (20%)


Avaliação teórica (80%); Avaliação prática (20%). Não ultrapassar o limite de faltas (10%). Os certificados são emitidos a partir do sistema SIGO, de acordo com o modelo publicado na Portaria n.º 474/2010. Formação autorizada pela ANEPC e realizada na área da Certificação 861 – Proteção de Pessoas e Bens.


 

Partilhar