Manobrador de Máquinas em Obra

150.00

Evoluir

REF: 13774 Categorias: ,
Partilhar

Descrição

O curso de Manobrador de Máquinas em Obra surge como resposta ao dever das empresas prestarem aos seus colaboradores e seus representantes para a segurança, higiene e saúde no trabalho formação adequada sobre os equipamentos de trabalho utilizados, conforme art.º 8º do Decreto-lei nº 50/2005 de 25 de Fevereiro, assim como no art.º 32º (ponto 1), onde consta que os equipamentos de trabalho automotores só podem ser conduzidos por trabalhadores devidamente habilitados.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Munir os formandos de conhecimentos para o manuseamento em segurança de equipamentos de trabalho, nomeadamente, no que respeita à manobra de máquinas em obra.


I. Higiene e Segurança no Trabalho (8H)
1.1. Enquadramento legal
1.2. Acidentes de trabalho
1.3. Doenças profissionais
1.4. Atuação em caso de emergência
1.5. Indicadores – Acidentes de Trabalho
1.6. Classificação de perigos
1.7. Sinalética de segurança
1.8. Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s

II. Segurança no Manuseamento de Máquinas em Obra (8H)
Caraterísticas, riscos mais frequentes e medidas de prevenção no manuseamento dos seguintes equipamentos de trabalho:
2.1. Dumper
2.2. Bulldozer
2.3. Retroescavadora
2.4. Cilindro
2.5. Máquina Perfuradora
2.6. Empilhadores
2.7. Pá Carregadora
2.8. Pontes Rolantes
2.9. Multicarregadora Telescópica
2.10. Plataformas Elevatórias
2.11. Gruas Móvel e Torre
2.12. Motosserras
2.13. Escavadora



1 – Formação presencial/em sala (turma)


AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA OU INICIAL
No início da formação será realizada uma avaliação de diagnóstico com o objetivo de aferir o nível de conhecimentos iniciais dos formandos sobre as temáticas do curso. A avaliação poderá ser feita através de uma prova escrita individual e/ou oral.

AVALIAÇÃO SUMATIVA OU FINAL
A avaliação das aprendizagens é realizada no final da ação, através de um teste de avaliação de conhecimentos, de caráter individual e incide sobre todas as temáticas abordadas durante a ação de formação.

Escala de Avaliação: 0 a 20 valores
Aproveitamento:
– Classificação final igual ou superior a 10 valores;
– Assiduidade igual ou superior a 80% da carga horária da formação;
– Comportamento adequado
No caso destas condições não se verificarem cumulativamente será entregue uma Declaração de Frequência de Formação Profissional, título que comprova que o formando frequentou a ação de formação.


A frequência com aproveitamento confere ao formando o direito a receber um Certificado de Formação Profissional com uma nota final igual à classificação obtida na avaliação final da aprendizagem.


 

Partilhar