SGS | E13 Auditorias Internas a Sistemas de Gestão da Energia ISO 50001

590.00

Valor RH

Partilhar

Descrição

– A auditoria será realizada preferencialmente numa das empresas participantes, que terá condições de inscrição especiais – contacte-nos!
– A auditoria em contexto real poderá ser substituída por simulações em sala, em virtude de se verificar indisponibilidade de empresa recetora da auditoria.
– A auditoria em contexto real poderá ter que ser realizada fora da zona geográfica onde os cursos decorrem, pelo que ficará da responsabilidade do participante os encargos com as deslocações associadas.
– A VALOR tentará garantir que a auditoria decorra em contexto real e numa proximidade do local da formação não superior a 50 km.
– A VALOR poderá ver-se obrigada a alterar a empresa recetora, por indisponibilidade verificada por parte da empresa inicialmente prevista.
– A VALOR poderá ver-se obrigada a adiar ou a cancelar a auditoria em contexto real (optando pelas simulações em sala), caso a empresa recetora venha a cancelar a sua disponibilidade em tempo não útil.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


No final da formaçao os formandos deverao ser capazes de desenvolver competências necessárias para a realização de auditorias internas ao Sistema de Gestão de Energia e contribuir para a otimização de processos e melhoria contínua das Organizações


Introdução
– Etapas, objetivos e tipos de auditorias
– As normas ISO 50001 e ISO 19011
– Requisitos, responsabilidades e funções dos auditores e dos auditados

Vertente técnica
– Os requisitos da Norma ISO 50001 na perspetiva do auditor
– As fases de auditoria: Preparação, realização, elaboração do relatório e apresentação de resultados.

Vertente comportamental
– A relação auditor/auditado: A assertividade e o “feed-back”
– O planeamento e a gestão do tempo
– A expressão escrita no relatório de auditoria: objetividade e organização

Caso prático – Realização de uma auditoria em contexto real de trabalho
– Análise da documentação da empresa
– Preparação e planeamento da auditoria
– Execução da auditoria na empresa
– Elaboração do relatório da auditoria

Conclusões
– Apresentação e discussão do relatório da auditoria
– Análise do desempenho técnico e comportamental das equipas auditoras




– Avaliação contínua;
– Assiduidade.



 

Partilhar