Produtos químicos: Interpretação de Fichas de Dados de Segurança e Cenários de Exposição

140.00

CTCV

REF: 11536 Categorias: ,
Partilhar

Descrição

O Regulamento REACH estabelece o formato da ficha de dados de segurança. As fichas de dados de segurança têm por objetivo fornecer aos utilizadores de produtos químicos as informações necessárias para os ajudar a proteger a saúde humana e o ambiente.
As fichas de dados de segurança destinam-se aos trabalhadores que manuseiam os produtos químicos, bem como aos responsáveis pela segurança.
Se uma substância perigosa estiver registada em quantidades superiores a 10 toneladas por ano por registante, é necessário incluir uma ficha alargada de dados de segurança com cenários de exposição anexados.
Os cenários de exposição descrevem a forma como a exposição dos seres humanos e do ambiente à substância pode ser controlada, de modo a assegurar a sua utilização segura.

Conheça os Requisitos das FDSa e implemente-os na sua Organização!


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Interpretação e elaboração das Fichas de dados de Segurança, FDS e das Fichas de Dados de Segurança alargadas, FDSa.
Interpretação e Implementação dos Cenários de exposição.


1. Aplicar os requisitos da elaboração das Fichas de Dados de Segurança de acordo com o Regulamento (UE) n.º 830/2015.
• Questões a ter em conta ao elaborar uma FDS
• Informações pormenorizadas, secção a secção
• Gestão Interna da FDS
• Check-List de substâncias e de misturas
• Estudo de Caso I: Abordar e Verificar de uma FDS para uma substância e uma mistura.

2. Cenários de Exposição
• Introdução
• Descritores de uso
• Secção 1 do CE – Secção do título;
• Secção 2 do CE – Condições de utilização que afetam a exposição;
• Secção 3 do CE – Estimativa da exposição;
• Secção 4 do CE – Orientações para os utilizadores a jusante avaliarem se a sua utilização se encontra dentro dos limites do cenário de exposição

3. Exemplos práticos



1 – Formação presencial/em sala (turma)


Casos práticos a desenvolver ao longo da ação.


A participação nesta ação será considerada para efeitos de cumprimento legal em matéria de formação Profissional (art.º 131 da Lei 7/2009 de 12 de Fevereiro).


 

Partilhar