Lean Management – Ref.ª LEAN

267.00

Catim

Partilhar

Descrição


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


No final da ação os formandos deverão ser capazes de:
1. Identificar melhorias a introduzir e as ferramentas de gestão adequadas à melhoria proposta;
2. Implementar melhorias com recurso às ferramentas apresentadas e de acordo com os princípios LEAN .


PRODUTIVIDADE
– Conceito de produtividade
– Tipologia dos erros. Os 3M
– Identificação de tempos produtivos e não produtivos (tempo de ciclo, tempo disponível de produção, tempos de paragem e outros tempos não produtivos)
– Conceito de receita implícita
– Estratégias para potenciar a produtividade e competitividade
INTRODUÇÃO AO LEAN MANAGEMENT
– Princípios, benefícios e risco da filosofia LEAN
– Flow shop versus Job shop
– Sistemas Push e Pull
– Just-in-Time teórico e aproximação por adaptação dos SATI
– Identificação dos 7+2 desperdícios e definição de ações mitigadoras
– Exercício prático (aplicação dos conceitos em contexto laboral – definição de plano de ações)
FERRAMENTAS LEAN MANAGEMENT
– Apresentação de conceitos e exemplos de aplicação das ferramentas: 10+4 S; Padronização do trabalho; GEMBA; Just-in-Time; Kanban simples e Kanban Lote; KAIZEN; Poka-Yoke; Gestão Visual; TPM; SMED; Milk Run; Balanceamento uniforme dos postos/linhas; Indicadores KPI.
– Conceito de ISO INOVAÇÃO
– Aplicação das ferramentas LEAN MANAGEMENT em casos práticos
EXERCÍCIOS E CASOS PRÁTICOS



1 – Formação presencial/em sala (turma)


Avaliação contínua, através de indicadores como participação, interesse demonstrado, capacidade de aprendizagem. Provas e/ou trabalhos propostos pelo formador e realizados no decorrer da formação.


É emitido um Certificado de Frequência de Formação Profissional, aos formandos que frequentem 75% da carga horária total da ação.


 

Partilhar