Formação em Boas Práticas de Distribuição (GDP) Setor Farmacêutico

80.00

Conclusão

REF: 11415 Categorias: ,
Partilhar

Descrição


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


No final da formação os formandos estarão aptos a:
• Reconhecer a importância da gestão do Gestão de Qualidade e do processo sistemático de avaliação;
• Identificar as Implicações do novo foco na gestão dos riscos para a qualidade;
• Identificar a qualificação dos equipamentos essenciais e/ou validação dos processos essenciais para Assegurar a instalação e funcionamento corretos;
• Proceder a uma correta gestão das reclamações, Devoluções, suspeitas de medicamentos falsificados;
• Controlar a cadeia de distribuição para manter a qualidade;
• Planeamento e Verificar o Cumprimento das GDPs;


1 BOAS PRÁTICAS DE DISTRIBUIÇÃO
• Legislação nacional e enquadramento regulamentar
• Gestão da qualidade
• Pessoal
• Instalações e equipamento
• Documentação
• Operações
• Reclamações, devoluções, suspeitas de medicamentos falsificados e retiradas de medicamentos
• Atividades subcontratadas
• Transporte
• Disposições específicas aplicáveis aos intermediários
2 AUDITORIAS INTERNAS
• Autoinspeções



1 – Formação presencial/em sala (turma)


A avaliação, como processos sistemático, contínuo e integral deverá ocorrer em três momentos:
– Avaliação Inicial: Avaliação diagnóstica (permite identificar quais os conhecimentos e competências que os formandos possuem antes da formação)
– Avaliação contínua: Avaliação formativa e sumativa (determinar em que medida os objetivos pedagógicos foram alcançados pelo formando, permitindo a correção do processo de ensino-aprendizagem nos seus vários aspetos)
– Avaliação final: Avaliação sumativa (constitui a finalidade clássica da avaliação e assume uma relevância tanto maior, quando é certo ser ela a responsável pela tomada de decisões de vários níveis)

A avaliação final de cada formando, determina o grau de sucesso da aprendizagem confrontando-se os resultados obtidos na avaliação contínua com os objetivos operacionais definidos a priori.
Escala de Avaliação das Aprendizagens (0-100)


Formação Profissional Certificada (Outra Formação Contínua não inserida no CNQ)
A Certificação dos formandos será feita através da emissão de certificados de formação nos termos exigidos legalmente (Portaria 474/2012 de 08 de Julho) através da Plataforma SIGO.

Entidade Formadora Certificada pela DGERT: CONCLUSÃO – Estudos e Formação, Lda


 

Partilhar