Especialização Avançada em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor

600.00

Webstudy

REF: 12031 Categorias: ,
Partilhar

Descrição

“O princípio fundamental das escolas inclusivas consiste em todos os alunos aprenderem juntos, sempre que possível, independentemente das dificuldades e das diferenças que apresente. Estas escolas devem reconhecer e satisfazer as necessidades diversas dos seus alunos, adaptando-se aos vários estilos e ritmos de aprendizagem, de modo a garantir um bom nível de educação para todos, através de currículos adequados, de uma boa organização escolar, de estratégias pedagógicas, de utilização de recursos e de uma cooperação com as respetivas comunidades. É preciso, portanto, um conjunto de apoios e de serviços para satisfazer o conjunto de necessidades especiais dentro da escola”. In Declaração de Salamanca

A inclusão pressupõe que todas as crianças e alunos tenham uma resposta educativa num ambiente regular que lhes proporcione o desenvolvimento das suas capacidades.
Para o efeito, a Especialização Avançada em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor, tem como principal objetivo capacitar os profissionais de Educação de competências científicas e técnicas, inerentes às diferentes responsabilidades na área da Educação Inclusiva, previstas no Decreto-Lei n.º 54/2018 de 6 de Julho. Pretende então, fornecer aos profissionais de Educação conhecimentos científicos, especializados e diferenciados, técnicas e materiais necessários ao desenvolvimento das suas competências profissionais, preparando-os, de uma forma sólida e cientificamente consistente, para a avaliação das necessidades especiais, mais concretamente as dos domínios cognitivo e motor, e para a utilização de métodos e práticas de intervenção especializada nesses domínios.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


A Especialização Avançada em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor visa ministrar um conjunto de conhecimentos teóricos, práticos e pedagógicos para que o docente seja capaz de:
• Responder efetivamente às solicitações da Escola Inclusiva;
• Exercer funções de identificação e superação de necessidades especiais emergentes no território educativo;
• Promover o desenvolvimento de competências de avaliação e intervenção nos alunos com necessidades de saúde especiais;
• Apresentar medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão;
• Conhecer as áreas curriculares específicas de forma a responder às necessidades educativas de todas e de cada uma das crianças e jovens;
• Identificar recursos específicos a mobilizar de forma a responder às necessidades educativas de todas e de cada uma das crianças e jovens ao longo do seu percurso escolar.


Módulo I – Perspetiva Histórica e Evolução do Quadro Normativo da Educação Especial
Refletindo sobre Educação
Conceito de Educação
História da Educação Especial
Normalização e Integração
Decreto-Lei N.º 319/91
Declaração de Salamanca
Inclusão
Decreto-lei N.º 54/2018

Módulo II – Educação Inclusiva
Considerações Gerais do Decreto-Lei N.º 54/2018
Objeto e Âmbito
Definições
Princípios Orientadores
Participação dos Pais ou Encarregados de Educação
Abordagem Multinível em Educação
Desenho Universal para a Aprendizagem
Adaptações ao Processo de Avaliação
Medidas de Suporte à Aprendizagem e à Inclusão
. Medidas Universais
. Medidas Seletivas
. Medidas Adicionais
Mobilização de Medidas de Suporte à Aprendizagem e à Inclusão
. Relatório Técnico-Pedagógico
. Programa Educativo Individual (PEI)
. Plano Individual de Transição (PIT)
Avaliação, Progressão e Certificação das Aprendizagens
. Progressão
. Certificação
Regime de Transição para Alunos com a Extinta Medida Currículo Específico Individual
Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva
Classificação Internacional de Funcionalidade

Módulo III – Perturbações do Domínio Cognitivo
Visão Integrada da Aprendizagem
Dificuldades de Aprendizagem Específicas
DDAH e Problemas Associados
Deficiência Mental
Síndrome de Down
Perturbações do Espectro do Autismo
Síndrome de Rett
Síndrome do X Frágil

Módulo IV – Perturbações do Domínio Físico-Motor
Paralisia Cerebral
Traumatismos craneoencefálicos
Lesão Medular
Espinha Bífida
Distrofia Muscular

Módulo V – Perturbações do Domínio Sensorial
Deficiência Visual
Deficiência Auditiva
Cegos-Surdos

Módulo VI – Ajudas Técnicas e TIC para a Inclusão
Didática e Tecnologia na Inclusão
Software Educativo
Recursos Tecnológicos
Sites e Serviços como Recursos Pedagógicos para a Inclusão
Imagens Vetoriais como Recursos Pedagógicos
Jogos online como Recursos Pedagógicos
Ajudas Técnicas para a Inclusão

Módulo VII – Métodos e Técnicas de Investigação e Análise em Educação
Conhecimento Científico
Conhecimento Científico versus Senso Comum
Tipos de Metodologias
Processo de Investigação
Instrumentos
Publicação/Divulgação de resultados

Módulo VIII – Projeto Final de Especialização Avançada



4 – Formação a distância – E-learning (individual)


A avaliação do processo de formação baseia-se em três vertentes: avaliação diagnóstica (aquando do início da especialização), avaliação formativa/contínua (durante a especialização) e a avaliação sumativa (no final de cada módulo e/ou da especialização).
A classificação final na Especialização Avançada resultará da média ponderada, numa escala de 20 pontos ou percentual (0 a 100%), das classificações parcelares tendo em conta os seguintes critérios e ponderações:

AF (Média simples dos testes finais (TF) de cada módulo e do projeto final (PF)]: 80% = 48% (TF)+ 32% (PF)
PS (Participação e contribuição individuais nas sessões síncronas): 10%
AS (Assiduidade nas sessões síncronas): 10%


Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos, definidos para a especialização que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional Avançada que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota da especialização na pauta de avaliação final.
Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, este certificado é válido para a obtenção de créditos (ECTS) num estabelecimento de ensino superior, nos termos do disposto na alínea f) do nº 1 do artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto. Este certificado pode constituir-se também numa valorização curricular na admissão a concursos de emprego público e privado.


 

Partilhar