Especialização Avançada em Cuidados Paliativos

680.00

Webstudy

Partilhar

Descrição

Segundo a OMS, os Cuidados Paliativos são cuidados ativos, coordenados e globais, prestados por unidades e equipas específicas, em internamento ou no domicílio, a doentes em situação de sofrimento decorrente de doença incurável ou grave, em fase avançada e progressiva, assim como às suas famílias. O seu principal objetivo é promover o seu bem-estar e a sua qualidade de vida, através da prevenção e alívio do sofrimento físico, psicológico, social e espiritual, com base na identificação precoce e do tratamento rigoroso da dor e de outros problemas físicos, psicossociais e espirituais.
Sendo assim, os Cuidados Paliativos assumem-se hoje como uma das fronteiras do desenvolvimento futuro, um imperativo ético, organizacional e indiscutivelmente um direito humano. Afirmam a vida e aceitam a morte como um processo natural que não deve ser prolongado através de obstinação terapêutica desadequada e prestam cuidados inter e multidisciplinares, individualizados, humanizados e tecnicamente rigorosos respeitando ao mesmo tempo os valores, as crenças, as práticas culturais e religiosas da pessoa doente (Neto, 2010).
Com a realização desta Especialização Avançada pretende-se aprofundar conhecimentos nas áreas temáticas focadas, de modo a permitir o desenvolvimento de competências na implementação de um plano assistencial de qualidade à pessoa com doença crónica, avançada e progressiva, bem como à sua família e ao seu grupo social de pertença, maximizando a sua qualidade de vida e diminuindo o sofrimento, em conformidade com a filosofia dos cuidados paliativos, sempre em colaboração com a restante equipa interdisciplinar.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Dotar os formandos de conhecimentos e competências necessárias à prática de cuidados físicos, psicológicos e psicossociais a doentes e famílias que vivem situações de doença terminal, tanto na comunidade como em internamento.


Módulo I – Enquadramento Teórico
Breve História dos Cuidados Paliativos
Conceito de Cuidados Paliativos
Níveis de Tipo de Cuidados Paliativos
Diferença entre Cuidados Paliativos e Cuidados Continuados Integrados
Princípios dos Cuidados Paliativos
Objetivos da Rede Nacional de Cuidados Paliativos em Portugal
Cuidados ao Doente e à Família
Modalidades de Atuação e Modelos de Assistência em Cuidados Paliativos
Trabalho em Equipa Multidisciplinar e Equipas Multidisciplinares

Módulo II – Dor
Controlo de Sintomas
Dor
Controlo da Dor
Dor Crónica
Dor Aguda
Avaliação da Dor

Módulo III – Controlo de Sintomas e Aspetos Fisiológicos
Controlo da Dor:
Técnicas Farmacológicas e Técnicas não Farmacológicas
Sintomas Alimentares
Sintomas Respiratórios
Sintomas Urinários
Outros Sintomas
Perturbações Mentais Secundárias
Os Cuidados Paliativos em Doentes com HIV/SIDA

Módulo IV – Qualidade de Vida e Bem-Estar
Bem-Estar Subjetivo e Bem-Estar Psicológico
Qualidade de Vida

Módulo V – Aspetos Psicossociais
Aspetos Psicológicos da Doença Terminal
Implicações Psicológicas para a Família
O Doente Retraído
O Doente Difícil
Estratégias para Lidar com a Incerteza
Morrer em Casa
Luto

Módulo VI – Cuidados e Comunicação em Cuidados Paliativos
Cuidados e Apoio à Família
Stress e Família
Cuidados ao Doente e Cuidados na Morte
Dar as Más Notícias
Necessidades Espirituais e Religiosas

Módulo VII – Equipa Multidisciplinar em Cuidados Paliativos
Médico
Enfermeiro
Psicólogo
Assistente Social
Farmacêutico Clínico
Nutricionista
Fisioterapeuta
Fonoaudiólogo
Terapeuta Ocupacional
Assistente Espiritual
Dentista

Módulo VIII – Serviços Especializados em Cuidados Paliativos
Unidade de Cuidados Paliativos
Equipa Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos
Equipas de Cuidados Paliativos ao Domicílio

Módulo IX – Questões Éticas em Cuidados Paliativos e Pensamentos Finais
Questões Éticas
Processo de Tomada de Decisão Ética
Quando a morte se aproxima
Quando está tudo dito e feito
Necessidades dos profissionais de saúde

Módulo X – Projeto Final de Especialização Avançada



4 – Formação a distância – E-learning (individual)


A avaliação do processo de formação baseia-se em três vertentes: avaliação diagnóstica (aquando do início da especialização), avaliação formativa/contínua (durante a especialização) e a avaliação sumativa (no final de cada módulo e/ou da especialização).
A classificação final na Especialização Avançada resultará da média ponderada, numa escala de 20 pontos ou percentual (0 a 100%), das classificações parcelares tendo em conta os seguintes critérios e ponderações:

AF (Média simples dos testes finais (TF) de cada módulo e do projeto final (PF)]: 80% = 48% (TF)+ 32% (PF)
PS (Participação e contribuição individuais nas sessões síncronas): 10%
AS (Assiduidade nas sessões síncronas): 10%


Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos, definidos para a especialização que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional Avançada que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota da especialização na pauta de avaliação final.
Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, este certificado é válido para a obtenção de créditos (ECTS) num estabelecimento de ensino superior, nos termos do disposto na alínea f) do nº 1 do artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto. Este certificado pode constituir-se também numa valorização curricular na admissão a concursos de emprego público e privado.


 

Partilhar