Especialização Avançada em Avaliação Psicológica no Âmbito da Educação Inclusiva

640.00

Webstudy

REF: 11926 Categorias: ,
Partilhar

Descrição

A Avaliação Psicológica consiste num processo científico de recolha de informação acerca do funcionamento de um indivíduo, geralmente assente na utilização de vários procedimentos de colheita de dados – que vão desde a aplicação de instrumentos/testes psicométricos aos métodos de entrevista e observação – e da respetiva interpretação dos resultados. Este processo assume particular relevância no contexto educativo, uma vez que a aprendizagem e o ensino podem tornar-se mais eficientes quando (re)adequados pela informação recolhida nos diversos momentos da avaliação psicológica, ação que pode (in)formar tanto alunos como professores bem como outros profissionais que desenvolvam a sua atividade em contexto educativo.
A presente especialização tem como propósito dotar os formandos com os conhecimentos teórico-empíricos necessários e de competências técnicas consideradas centrais para a realização de avaliações psicológicas, no âmbito específico da Educação Inclusiva.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Esta Especialização Avançada pretende dotar os formandos com os conhecimentos teórico-empíricos necessários e de competências técnicas consideradas centrais para a realização de avaliações psicológicas, no âmbito específico da Educação Inclusiva.


Módulo I – Enquadramento Teórico e o Regime Jurídico da Educação Inclusiva
A Educação Especial em Portugal
Declaração de Salamanca: da integração à inclusão
Objetivos da Educação Inclusiva
Educação Inclusiva vs. Educação Especial
Evolução dos Modelos Normativos em Portugal
Decreto-Lei n.º 54/2018
Mudanças Significativas em Comparação com o Decreto-Lei 3/2008

Módulo II – Operacionalização da Educação Inclusiva
Princípios Orientadores
Participação dos Pais ou Encarregados de Educação
Abordagem Multinível em Educação
Desenho Universal para a Aprendizagem
Adaptações ao Processo de Avaliação

Módulo III – Medidas de Suporte e Recursos Específicos de Apoio à Aprendizagem e à Inclusão
Níveis de Intervenção
Mobilização de Medidas de Suporte à Aprendizagem e à Inclusão
Recursos Específicos
Recursos Organizacionais

Módulo IV – Avaliação Psicológica no Âmbito das Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento
Avaliação Psicológica de Crianças com Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento
Avaliação Assistida/Dinâmica/Interativa
Avaliação dos Alunos com Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento
Técnicas de Observação em Avaliação de Crianças e Jovens com Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento

Módulo V – Instrumentos na Avaliação Psicológica das Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento
Anamnese
Avaliação da Inteligência
. WISC-III
. WPPSI-R
. Matrizes Progressivas Coloridas de Raven
Avaliação de Desenvolvimento
. Currículo de Carolina Para Crianças e Bebés com Necessidades Especiais
. SGS II – Escala de Avaliação das Competências no Desenvolvimento Infantil dos 0 aos 5 anos
Avaliação da Personalidade
. HTP – Teste da Casa-Árvore- Pessoa
. Teste de Wartegg
. Bateria de Provas de Raciocínio Diferencial (BPRD)
Testes Educacionais
. Bateria de Aptidões para a Aprendizagem Escolar (BAPAE)
. PALPA-P (Provas de Avaliação da Linguagem e da Afasia em Português)
. Prova de Reconhecimento de Palavras – PRP
. TALC – Teste de Avaliação da Linguagem na Criança 5.ª Edição
. T.I.C.L. – Teste de Identificação de Competências Linguísticas
Testes Neuropsicológicos
. Toulouse Piéron – TP
. Teste de Retenção Visual de Benton
. Figura Complexa de Rey

Módulo VI – Abordagem Neuropsicológica das Necessidades Especiais/Perturbações do Desenvolvimento
Transtornos Globais do Desenvolvimento
Dificuldades de Aprendizagem
Paralisia Cerebral
Perturbações da Linguagem
Deficiência Visual
Deficiência Auditiva
Deficiências Associadas

Módulo VII – Intervenção Precoce na Infância e Sistema Nacional de Intervenção Precoce
Intervenção Precoce
. Conceito, Âmbito e Objetivos
. Intervir Precocemente
. Eficácia da Intervenção Precoce
Sistema Nacional de Intervenção Precoce (SNIPI)
. Objetivos do SNIPI
. Critérios de Elegibilidade
. Constituição do SNIPI
. Estrutura do SNIPI
. Equipas Locais de Intervenção Precoce (ELI’s)
. Principais Funções das ELI’s

Módulo VIII – Programas de Competências Sociais
Perspetiva Histórica
Conceptualização do construto de competência social
Modelos Teóricos
Componentes da aptidão social
Avaliação dos défices de competências sociais
O que deve ser ensinado
Rendimento escolar, problemas de comportamento e problemas emocionais
Perturbações emocionais em contexto escolar – a face oculta dos problemas de aprendizagem
Fatores que influenciam as dificuldades interpessoais
Desenvolvimento de competências sociais e emocionais em crianças e jovens com NEE

Módulo IX – Ajudas Técnicas e TIC para a Inclusão
Didática e Tecnologia na Inclusão
Software Educativo
Recursos Tecnológicos
Sites e Serviços como Recursos Pedagógicos para a Inclusão
Imagens Vetoriais como Recursos Pedagógicos
Jogos online como Recursos Pedagógicos
Ajudas Técnicas para a Inclusão

Módulo X – Projeto Final de Especialização Avançada



4 – Formação a distância – E-learning (individual)


A avaliação do processo de formação baseia-se em três vertentes: avaliação diagnóstica (aquando do início da especialização), avaliação formativa/contínua (durante a especialização) e a avaliação sumativa (no final de cada módulo e/ou da especialização).
A classificação final na Especialização Avançada resultará da média ponderada, numa escala de 20 pontos ou percentual (0 a 100%), das classificações parcelares tendo em conta os seguintes critérios e ponderações:

AF (Média simples dos testes finais (TF) de cada módulo e do projeto final (PF)]: 80% = 48% (TF)+ 32% (PF)
PS (Participação e contribuição individuais nas sessões síncronas): 10%
AS (Assiduidade nas sessões síncronas): 10%


Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos, definidos para a especialização que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional Avançada que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota da especialização na pauta de avaliação final.
Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, este certificado é válido para a obtenção de créditos (ECTS) num estabelecimento de ensino superior, nos termos do disposto na alínea f) do nº 1 do artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto. Este certificado pode constituir-se também numa valorização curricular na admissão a concursos de emprego público e privado.


 

Partilhar