Conjugalidades – Violência nas Relações Íntimas

80.00

Webstudy

REF: 12022 Categorias: ,
Partilhar

Descrição

A violência é considerada um fenómeno dinâmico que não se limita a grupos sócio – económicos ou geográficos específicos, sendo a sua conceptualização (definição) complexa e paradoxal, pois é um fenómeno dinâmico e em constante alteração (Machado, 2010).
A violência no namoro está relacionada com a ocorrência de atos abusivos entre dois indivíduos numa relação de proximidade e de intimidade com o intuito de um deles se colocar numa posição de poder e domínio sobre o outro, de o magoar e/ou controlar (APAV, 2011).
Por outro lado, e segundo a American Psychological Association (APA, 1996, citada por Costa & Duarte, 2000, p.19), a violência doméstica ou familiar é “um padrão de comportamentos abusivos que incluem uma variabilidade de maus-tratos possíveis, desde físicos, sexuais e psicológicos, usados por uma pessoa contra outra, num contexto de intimidade, em ordem a adquirir poder ou manter essa pessoa controlada.”.
O Curso “Conjugalidades – Violência nas Relações Íntimas” analisa todos os tipos de violência, fatores de risco, crenças e tudo o que existe nas relações íntimas violentas entre os indivíduos.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


Dotar os formandos para a identificação de sinais e sintomas de violência nas relações íntimas, bem como estratégias e técnicas de intervenção orientadas para esta problemática.


Módulo I – Violência
Conceito de Violência
Natureza de Violência
Tipologia da Violência
Modelo Ecológico da Violência
Fatores Associados à Violência

Módulo II – Violência na Intimidade
Definição de Violência nas Relações de Intimidade
Fatores de Risco Associados à VRI
Mitos Associados à VRI
Dinâmicas Relacionais
Ciclo da Violência
Características de Vitimização
VRI durante a Gravidez

Módulo III – Violência no Namoro
Namorar na Adolescência
A Violência no Namoro
Prevalência da Violência no Namoro
Caracterização das Formas de Violência no Namoro
Caracterização da Vítima e Fatores de Risco Associados à Vitimação
Caracterização do/a Agressor/a e Fatores de Risco Associados à Perpetração
Fatores Protetores
Consequências da Violência no Namoro
Crenças e Atitudes dos Adolescentes face à Violência no Namoro
Mitos sobre a Violência no Namoro

Módulo IV – Violência Doméstica/Conjugal
Conceptualização do Problema
Características da Violência
Consequências da Violência
Características do Agressor
Características da Vítima
Mitos e Estereótipos Sobre a Violência Doméstica/Conjugal
Processos e Dinâmicas Abusivas
Impacto/Consequências Traumáticas da Violência Doméstica/Conjugal
Legislação Nacional

Módulo V – As Boas Práticas no Atendimento a Vítimas de Violência no Namoro e Violência Doméstica/Conjugal por Profissionais das Instituições de Apoio/Acolhimento a Vítimas
Questões Gerais na Intervenção Junto das Vítimas
Intervenção em Crise
Definição e Implementação de Planos de Segurança
Acompanhamento Continuado
Princípios de Conduta e Atitudes a Manter no Contacto com a Vítima



4 – Formação a distância – E-learning (individual)


A avaliação do processo de formação baseia-se em três vertentes: avaliação diagnóstica (aquando do início do curso), avaliação formativa/contínua (durante o curso) e a avaliação sumativa (no final de cada módulo e/ou do curso).

A classificação final no curso resultará da média ponderada, numa escala de 20 pontos ou percentual (0 a 100%), das classificações parcelares tendo em conta os seguintes critérios e ponderações:

TF (Média simples dos testes finais relativos a cada módulo do curso e/ou trabalho final): 80%.
PS (Participação e contribuição individuais nas sessões síncronas e fóruns de discussão): 10%.
AS (Assiduidade nas sessões síncronas): 10%.


Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.


 

Partilhar