Animação e Lazer com Crianças e Jovens

90.00

Webstudy

Partilhar

Descrição

“Animação sociocultural é o conjunto de práticas desenvolvidas a partir do conhecimento de uma determinada realidade, que visa estimular os indivíduos, para a sua participação com vista a tornarem-se agentes do seu próprio desenvolvimento e das comunidades em que se inserem. Animação sociocultural é um instrumento decisivo para um desenvolvimento multidisciplinar integrado (social, económico, cultural, educacional, etc.) dos indivíduos e dos grupos.” In Estatuto do Animador Sociocultural

A animação surge assim como uma necessidade na nossa sociedade, pretendendo-se com ela estimular a iniciativa e a participação das comunidades. Com crianças jovens, a animação permite despertar para a descoberta e desenvolver potencialidades e capacidades, uma vez que promove a aquisição de competências necessárias para que as crianças e jovens sejam agentes e participem ativamente.
Com este curso, pretende-se inovar o trabalho de animação numa perspetiva de conhecimento e experiências no trabalho em grupo, uma vez que, nos dias que correm, a competitividade exige que o animador de crianças e jovens seja sempre creativo e pró-ativo.


Idade Mínima: 0
Idade Máxima: 0
Situação:
Habilitações Mínimas:
Habilitações Específicas:


• Adquirir competências técnicas no trabalho com crianças e jovens.
• Desenvolver capacidades para planear atividades de animação em diversos contextos de intervenção.


Módulo I – Introdução à Animação e Lazer
Introdução e conceitos da animação Sociocultural
História e evolução da animação Sociocultural
Deontologia e princípios éticos
Perfil do animador: papel e funções

Módulo II – Intervenção da Animação e Lazer
Áreas e contextos de intervenção da animação sociocultural
Intervenção sociocultural e representação social da diferença
Metodologias e técnicas de intervenção em Animação Sociocultural
Planificação das atividades de animação
Avaliação da intervenção em animação Sociocultural

Módulo III – Práticas e Estratégias de Animação e Lazer
Práticas e estratégias de animação sociocultural:
– Jogos de movimento
– Expressão Dramática
– Expressão Plástica
– Expressão Musical
– Artes circenses
– Dinâmicas de grupo



4 – Formação a distância – E-learning (individual)


A avaliação do processo de formação baseia-se em três vertentes: avaliação diagnóstica (aquando do início do curso), avaliação formativa/contínua (durante o curso) e a avaliação sumativa (no final de cada módulo e/ou do curso).

A classificação final no curso resultará da média ponderada, numa escala de 20 pontos ou percentual (0 a 100%), das classificações parcelares tendo em conta os seguintes critérios e ponderações:

TF (Média simples dos testes finais relativos a cada módulo do curso e/ou trabalho final): 80%.
PS (Participação e contribuição individuais nas sessões síncronas e fóruns de discussão): 10%.
AS (Assiduidade nas sessões síncronas): 10%.


Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.


 

Partilhar